Alimentacao Paleolítica

Como o mundo vive de tendências, vamos falar de uma alimentação que está sendo bastante comentada por aí. Ela se chama DIETA PALEOLÍTICA, conhece?
O texto de hoje foi elaborado pela minha nutri querida Adriana Caiafa que tem uma página incrível no Facebook, clica AQUI para conhecer.

A nutri atende na Dr. Shape da Vila Mariana por preço super camarada e ainda aplica a avaliação de bioimpedância.

Boa leitura!
#getinspired,
Nathy ❤

——————————–

Adriana Caiafa – Nutricionista
Nutricionista clínica; pós-graduanda em Nutrigenômica e Alimentos Funcionais aplicados a nutrição clinica e esportiva; especialista em Personal Diet.

DIETA PALEOLÍTICA
Há mais de 15 mil anos nossos ancestrais viviam em cavernas, não tinham cozinhas nem supermercados e obtinham sua comida principalmente da caça e coleta, ou seja, a alimentação era muito diferente da que temos hoje, com massas, produtos industrializados e uma infinidade de opções. A chamada dieta paleolítica está sendo adotada por muitas pessoas que querem emagrecer e ter um estilo de vida mais saudável.

– Pilares da dieta Paleolítica:

CONSUMO DE CARNES
A carne proveniente de todos os tipos de animais era a base da alimentação no período Paleolítico. Elas são fontes de proteínas, nutrientes de extrema importância na nossa alimentação uma vez que fazem parte da composição muscular e recuperação dos tecidos. Os peixes são ótimas escolhas, por terem gorduras importantes para o nosso corpo.

EXCLUSÃO DE GRÃOS E MASSAS
Os homens não cultivavam grãos e, muito menos, moíam. Nessa dieta o consumo de grãos (trigo, arroz, milho, etc.) é excluído e as fontes de carboidrato são provenientes de legumes, verduras e frutas.

CONSUMIR VEGETAIS E FRUTAS
E já que eles são a principal fonte de carboidratos nessa dieta, vale sim seguir essa recomendação e encher o prato com frutas e verduras, inclusive para equilibrar o seu consumo com as carnes.

CONSUMO DE GORDURAS BOAS
Priorizar o consumo de peixes, principalmente os de águas profundas como sardinha, atum e salmão, e de oleaginosas, como castanhas, nozes, pistache, amêndoas e amendoim.

ÁGUA
No período Paleolítico tomava-se água. Exclua refrigerantes e bebidas industrializadas.

INDUSTRIALIZADOS VETADOS
A maioria dos alimentos industrializados possuem carboidratos refinados como farinha e açúcar branco na composição, alimentos de alto índice glicêmico, e com baixo teor de fibras, devem ser excluídos da dieta.

JEJUM
Os homens do Paleolítico tinham dificuldade de encontrar comida todos os dias e passavam longos períodos em jejum. Nessa dieta indica-se ficar de 16 até 24 horas sem ingerir nenhum alimento. É uma prática perigosa que não recomendo. O jejum prolongado pode causar hipoglicemia, dificuldade de concentração e perda de massa muscular.
Para seguir essa dieta você deve buscar orientação de um profissional nutricionista que avaliará sua rotina e necessidades para fazer as adaptações necessárias ao seu perfil.

Facebook: Nutricionista Adriana Caiafa
Adriana Caiafa Nutricionista
Fone: (11) 97680-0255

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s